Exibindo todos 16 resultados

Parcele em até 5 vezes. R$2.500,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.600,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.100,00

Parcele em até 5 vezes. R$15.000,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.100,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.000,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.100,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.100,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.100,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.400,00

Parcele em até 5 vezes. R$2.600,00


A ousadia do bordado na pintura. Existem técnicas e materiais distintos que, quando juntos, formam algo inusitado, criativo, belo e repleto de significados. A arte possibilita esse encontro. Eu e Bel, minha esposa, somos artistas plásticos. Eu pinto e ela borda. E foi com ímpeto de ousadia que Bel, bordadeira desde criança, propôs bordar em uma das minhas primeiras pinturas de paisagem. Confesso que fiquei receoso. Furar uma tela pintada me pareceu sacrilégio. Mas foi relembrando Lucio Fontana, artista eclético, que em 1958, usando um estilete, ousou rasgar uma tela sua, abrindo assim, novas visões e caminhos na arte, que resolvi me deixar levar pelo ímpeto da Bel em criar algo que, para mim, seria inusitado. Começamos então, a ousar juntos. As linhas bordadas sobre a tela percorrem fendas criadas pelos pincéis. Os acidentes deixados pela tinta, enquanto existe fúria no ato da pintura, oferecem caminhos diversos para a criatividade. É como se a união entre materiais e gestos estivessem escrevendo uma história a quatro mãos. É quase uma dança sobre a tela. As intervenções se abrem como compassos, cuja música proposta pela sutileza das interferências, nos guiam para momentos de puro deleite, revelando, então, obras de arte repletas de significados.